NOTÍCIAS

ACIP


Crédito via maquininha de cartão soma R$ 406 milhões

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O volume de crédito liberado por meio do Peac Maquininhas já soma R$ 406,92 milhões, beneficiando 14.824 MEIs e micro e pequenas empresas. O programa, que concede crédito por meio das empresas de maquininha com taxa de 6% ao ano, foi anunciado em junho e começou a chegar na ponta no início de outubro.

Ontem, a coluna noticiou que haviam sido liberados R$ 252 milhões, com a Rede, do Itaú, tendo concedido R$ 150 milhões. Mas o número total, que havia sido divulgado pelo governo na véspera, estava desatualizado.

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, disse à coluna estar confiante que o programa deverá  atingir a marca de R$ 5 bilhões até o fim do ano. O desafio é tornar o programa conhecido na ponta, sem verba para publicidade, diz.

— Precisamos chegar no pipoqueiro, no dono da banca de jornal — diz o secretário. — Nas próximas semanas esse número vai crescer rápido, com a entrada de Caixa e Banco do Brasil. Na Caixa, a pessoa não precisa nem ser cliente. 

O programa prevê um aporte de R$ 10 bilhões para as empresas de pagamento concederem crédito. Metade desse valor foi liberado no final de setembro.

Do total de empréstimos do Peac liberados até ontem, o Safra lidera com a concessão de R$ 236,39 milhões. A Rede, do Itaú, concedeu R$ 168,87 milhões. Banco do Brasil e Caixa, que começaram a conceder crédito apenas esta semana, liberaram R$ 1,29 milhão e R$ 370 mil respectivamente. BMG e Inter estão habilitados, mas até ontem ainda não haviam feito empréstimos.

O valor médio dos créditos liberados no programa é de R$ 30 mil. O limite é R$ 50 mil. O programa tem como garantia os recebíveis futuros do empreendedor.

Fonte: O Globo
Últimas Noticias
Natal deve ser insuficiente para alavancar o comércio

O Natal deste ano pode ter desempenho insuficiente para alavancar a retomada do comércio ao longo de 2021.

Apesar de ser a principal data para o setor, incertezas em relação à pandemia e sobre como a economia deve reagi...

Governo adia envio de proposta própria de reforma tributária

O governo desistiu de enviar uma proposta própria de reforma tributária até a eleição dos presidentes de Câmara e Senado. A estratégia é deixar para o Congresso o custo de tentar avançar com a me...

Fachin vota por tornar contrato intermitente inconstitucional

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta quarta-feira (2) por tornar inconstitucional o trabalho intermitente.

Fachin é relator do tema no STF, e o julgamento será retomado nesta quinta (3), com os...