NOTÍCIAS

ACIP


Vírus nas vendas do comércio

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O volume de vendas do comércio paranaense no mês de janeiro foi 1,22% superior ao registrado em janeiro de 2019, conforme aponta a Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). Os dados mostravam um cenário promissor para 2020, mas que será profundamente alterado pela pandemia do coronavírus, cujos impactos serão sentidos pelo setor a partir de março.

Para o presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR e vice-governador do Paraná, Darci Piana, tal situação é ainda mais lamentável, diante de um prognóstico bastante favorável de que a economia finalmente estava retomando seu rumo. “Em janeiro deste ano, a variação em relação ao mesmo mês do ano anterior foi positiva em 1,22%. O número apontava para a curva ascendente que teríamos este ano, para chegar aos 2% estimados pela equipe econômica do governo federal”, avalia.

No entanto, com a propagação da pandemia gerada pelo novo coronavírus, a principal estratégia de combate preconizada pelas autoridades de saúde, diante da falta de vacinas e medicamentos apropriados, é o isolamento social.

“O remédio é amargo e perverso para o setor produtivo e para os comerciantes, obrigando os lojistas a fecharem suas portas sem imaginar quando poderão abri-las novamente. Apesar das medidas emergenciais adotadas pelos governos federal e estadual, sabemos a angústia em que vivem os empresários, porque as despesas acumulam-se sobre a mesa e, sem faturamento, a conta não fecha. Mas não podemos nos desesperar. Ao longo dos séculos foram muitas as crises porque passamos, sempre encontrando meios de sobreviver e crescer. Inclusive durante os períodos de guerra – e o que estamos vivendo é uma guerra, com a diferença de que o inimigo desta vez é invisível e o combate se trava de forma silenciosa”, reitera Darci Piana.

Segundo o dirigente, é preciso encontrar maneiras de ajudar o país em momento tão difícil. Assim, em nome dos mais de 500 mil empresários paranaenses do comércio de bens, serviços e turismo, a Fecomércio PR enviou ofício à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), colocando à disposição do Sistema Comércio e dos órgãos oficiais da saúde e da cidadania a ampla estrutura mantida no Paraná pelo Sistema Fecomércio Sesc Senac no Paraná.

Na semana passada, Piana também enviou um documento ao governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, colocando as instalações do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR à disposição do Governo do Estado para instalação de serviços de saúde e suas derivações temporariamente. Mais de 17 ginásios de esportes e quadras cobertas do Sesc estão sendo disponibilizadas para atendimento da população e medidas de combate ao Covid-19.

“Tenho a certeza de que as nossas instalações poderão ser extremamente úteis neste momento de apreensão com a saúde da nossa população, dando suporte, abrigo e conforto a milhares de cidadãos em situação de vulnerabilidade social, como parte do esforço dos Governos Federal e Estadual. O Sesc e o Senac estão prontos, aqui no Paraná, para participar deste mutirão que busca salvar nosso país. Com fé, o esforço de cada um e a capacidade do empresariado do comércio vamos vencer o vírus”, projeta Darci Piana.

Fonte: Fecomércio-PR
Últimas Noticias
Pandemia de coronavírus deve afetar o Dia dos Namorados

O coronavírus também está afetando os corações e o bolso dos apaixonados. Neste Dia dos Namorados, 50,9% dos paranaenses pretendem presentear, de acordo com sondagem da Federação do Comércio de Bens, S...

Centrão apoia Super Refis que permite desconto de até 90%

Projeto apresentado nesta quarta-feira, 3, na Câmara dos Deputados cria um Super Refis (parcelamento de débitos tributários) para dívidas contraídas até o fim da pandemia da covid-19. O projeto garante perdão ...

Vendas patinam nas regiões que reabriram o comércio

O desempenho das vendas nos primeiros estados a reabrir o comércio após o início da pandemia no novo coronavírus indica que a retomada da economia será lenta, com consumidores preocupados com o risco de contaminaç&a...