NOTÍCIAS

ACIP


Bancos reduzem atendimento a partir desta terça (24)

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

A partir desta terça (24) algumas agências bancárias começam a fechar temporariamente em todo o país. Cada banco irá definir quais serão as agências que ficarão fechadas.

Nesta segunda (23), gerentes de algumas agências já informavam aos clientes sobre o fechamento temporário de unidades.

Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), atividade bancária é considerada serviço essencial e por isso não pode ser interrompida.

Para isso, "algumas alterações no funcionamento das agências estão sendo implementadas pelos bancos individualmente após a análise das características e realidade de cada posto de atendimento".

Cumprindo orientação do Banco Central, os bancos deverão, pontualmente e por períodos limitados de tempo, alterar horários de atendimento ou suspender serviços em agências selecionadas. "Os clientes serão informados adequadamente pelos canais de comunicação de cada banco. O setor se compromete a assegurar a prestação de serviços essenciais", afirma a nota.

É importante que o cliente confira, por meio da central telefônica do seu banco, qual unidade estará aberta, antes de sair de casa.

Os bancos estavam sendo pressionados por sindicatos da categoria para reduzir o atendimento nas agências, com objetivo de evitar maior exposição dos funcionários à contaminação do novo coronavírus.

Nesta segunda (23), o Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Fenaban, braço sindical da Febraban, para tratar de medidas a serem tomadas dianta da pandemia do novo coronavírus.

"Temos a responsabilidade de não colocar trabalhadores e clientes em risco neste momento. Para isso, é preciso atender somente a população em caso de emergência, com agendamento, para não lotar as agências", afirmou Ivone Silva, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

“Na próxima quarta 25, tem o pagamento dos aposentados, dia que tradicionalmente é um dos mais movimentados nas agências. A omissão do governo em meio à pandemia acarreta em muitos prejuízos para a saúde da população e controle do avanço dos casos, entre eles agências bancárias lotadas durante toda a semana", diz Silva.

"As pessoas ainda não se conscientizaram que o momento é de se isolar, de ficar em casa. Assim, cobramos que o atendimento bancário seja limitado apenas aos serviços extremamente necessários, com contigenciamento de pessoas nas unidades. Além disso, também reivindicamos o fim da cobrança de metas e das demissões enquanto perdurar essa crise”, afirma.

Entre as atividades bancárias consideradas essenciais estão: compensação bancária, redes de cartões de débito e crédito, autoatendimento e outros serviços não presenciais.

Também ficou estipulado que a Fenaban deverá reforçar a cobrança pela higiene e limpeza em todos os locais de trabalho, conforme orientação do Ministério da Saúde, e fazer orientações aos funcionários, principalmente os que estão no grupo de risco.

Como acessar a conta fora da agência

De acordo com a Febraban, o cliente pode acessar sua conta-corrente ou poupança por meio de aplicativos de celular do seu banco e pelo Internet Banking , com segurança, para fazer:

- Pagamento de contas
- Consulta de saldos e extratos
- Transferências financeiras
- Agendamento de pagamentos
- Contratação de serviços e empréstimos, entre outros

Agências abertas

Para saber qual agência estará funcionando, entre em contato com a central de atendimento do seu banco.

​Confira o telefone de alguns bancos

Banco do Brasil: 0800-7290722
Santander: 0800-7627777
Caixa Econômica Federal: 0800-7260101
Banco Bradesco: 3003-0237
Itaú Unibanco: 0800-7280728
Banco Safra: 0800 772 5755

"Ao evitar voluntariamente ir às agências bancárias, todos colaborarão para que os bancos possam priorizar o atendimento aos grupos mais vulneráveis, protegendo todos, inclusive os bancários, com a redução do fluxo de pessoas necessária aos esforços contra a disseminação do vírus Covid-19", afirma a Febraban em nota.

Fonte: Folha de S.Paulo
Últimas Noticias
Empresas querem restabelecer acordos para redução de salários

Em busca de maior agilidade nos acordos com trabalhadores, entidades empresariais estudam pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão da liminar que instituiu necessidade de aval prévio de sindicatos em negociações indivi...

É hora de estreitar o relacionamento com clientes e equipes

O cenário é único. Nunca vivemos uma pandemia como esta, que vem obrigando as pessoas a se manterem em isolamento social, trabalhando de casa, e o varejo de portas fechadas.

Ainda que a situação não tenha ...

Empresas vendem vale-compras para manter receita na crise

“Estamos fechados por conta da pandemia de COVID 19. Fiquem em casa se possível!”. Esta é mensagem estampada no Instagram do Fenda Bar, inaugurado em São Paulo (SP) há apenas quatro meses. As donas, Janaína Dua...