NOTÍCIAS

ACIP


Governo pode dar até 1,5 ano para compensar horas não trabalhadas

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O governo avalia um prazo de 12 meses a 18 meses para que os trabalhadores possam compensar as horas não trabalhadas durante o período de isolamento recomendado por autoridades sanitárias para evitar o alastramento do novo coronavírus no País, disse nesta quinta-feira, 19, o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo. 

“Isso vai permitir que ele fique em casa e mantenha seus recebimentos nesse momento muito difícil. A alternativa é sempre a empresa demitir um grande contingente de funcionários, o que não é desejável”, afirmou. 

Na quarta-feira, 18, o governo anunciou que as empresas poderão reduzir até 50% da jornada e dos salários dos trabalhadores, desde que o valor-hora seja mantido. “A redução de jornada tem que ser proporcional ao salário”, reafirmou hoje Dalcolmo. 

Hoje, o governo anunciou que vai bancar uma parcela de 25% do seguro-desemprego a que o trabalhador teria direito nesse período da redução de jornada. A medida vale para quem ganha até dois salários mínimos (R$ 2.090 mensais). 

“Serão três meses por que passaremos dificuldade. Tentamos evitar desemprego”, disse o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco. 

Fonte: O Estado de S.Paulo
Últimas Noticias
Governo e Congresso discutem parcelamento de impostos

O governo e o Congresso já discutem a possibilidade de criar um programa de parcelamento dos impostos que estão sendo adiados por decisão da própria Receita Federal durante a crise do novo coronavírus.

A avalia&c...

Atividade do comércio tem maior queda em 20 anos, mostra Serasa

As restrições de mobilidade e o isolamento social impuseram ao varejo o pior resultado em duas décadas. Dados do Indicador de Atividade do Comércio apurado pela Serasa Experian mostram que as vendas no varejo apresentaram um recu...

Governo prevê para próxima semana liberação de crédito a empresas

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, afirmou nesta terça-feira (2) que o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) ...