NOTÍCIAS

ACIP


Datas comemorativas são oportunidades para empreendedores

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

A festa mais popular do planeta está chegando. O carnaval, em 2020, será celebrado no dia 25 de fevereiro e, como em todos os anos, promete entupir as ruas das cidades brasileiras, mexendo com o imaginário popular e estimulando a criatividade dos milhares de foliões que participam de desfiles, blocos e outras comemorações espalhadas pelo país. Mas em meio a todo esse clima festivo, há quem aproveite o período para abrir alas à novas oportunidades e tirar nota dez em quesitos como fidelizar clientes e aumentar vendas. 

“Essas datas são excelentes oportunidades para quem deseja potencializar seus empreendimentos e é fundamental que os empreendedores se preparem para a sazonalidade e, assim, possam realmente ter motivos para comemorar”, comenta o superintendente do Sebrae no DF, Valdir Oliveira.

De acordo com a instituição, datas comemorativas como o Carnaval e a Páscoa – as primeiras a serem celebradas a cada ano -, são excelentes oportunidades para que empreendedores possam colocar ideias em prática e conquistar novos públicos. Ainda segundo a instituição, são períodos que aquecem a economia, potencializando o fluxo de consumidores, sendo especialmente bons para o segmentos de turismo, comércio varejista e de serviços.

Idealizador de uma marca fabricante de roupas e acessórios agêneros e que também incentiva um consumo mais racional, o fashion designer Sérgio Calado é um exemplo de empreendedor que utilizará a época de folia para tornar seu trabalho mais conhecido. O cearense, radicado em Brasília desde 2013, já chegou a expor dentro da CasaCor Brasília e, ainda assim, vê no carnaval deste ano a oportunidade de começar um novo ciclo com sua marca, a Calado.

A aposta do pequeno empresário, no entanto, está focada na produção de itens que podem ser utilizados tanto no período de folia, como em outras datas ao longo do ano. “O perfil do consumidor muda de uma hora pra outra e hoje em dia eu percebo que é bem comum a procura por algo mais durável; que simplesmente facilite a vida, seja pela usabilidade ou versatilidade. Quando vou produzir um casaco, por exemplo, penso que pode se transformar em um colete e ser utilizado não somente no período em que faz frio. É preciso transmitir funcionalidade”, observa Sérgio.

No início do ano o empreendedor optou por produzir doleiras e pequenas bolsas que podem ser utilizadas presas à cintura por meio de um elástico. Assim, o folião poderá pular o carnaval sem se preocupar em perder dinheiro, celular ou algum documento importante. “É um produto elaborado artesanalmente, com material de qualidade e que vai ao encontro do propósito da Calado. Pode ser utilizado nos bloquinhos, mas também em outras ocasiões do dia a dia”, explica. 

Customizar produtos é, segundo o empreendedor, uma outra estratégia que pode ser adotada em períodos comemorativos, já que a procura por algo exclusivo tem conquistado cada vez mais destaque no mercado. “Para o carnaval, principalmente, vejo que pode ser muito viável e vantajoso. Há muitas pessoas que gostam de abusar da criatividade e compram uma peça de roupa, um acessório, e utilizam aviamentos para tornar o produto ainda mais exclusivo”, acrescenta. Sérgio ressalta, ainda, que em períodos festivos a demanda costuma aumentar e exige que o empreendedor tenha uma certa precaução com o estoque de produtos para não perder vendas.

Ter atenção com a divulgação da marca e dos produtos é um outro ponto destacado pelo empreendedor. O Sebrae também chama a atenção para isso e aconselha que sempre é bom pensar em qual produto será o destaque e em como será feita a divulgação. “Tenho feito vídeos curtos para mostrar como é a produção das peças da minha marca. Isso tem gerado um engajamento bom e tem se traduzido em procura. As mídias sociais devem ser bem exploradas, pois são utilizadas por boa parte dos consumidores; é um caminho que pode ser seguido por qualquer empreendedor”, aconselha. Sérgio também chama a atenção para o impulsionamento de conteúdo nas mídias sociais. Segundo ele, é essencial destinar uma verba para marketing digital.

Uma outra ideia a ser adotada é a oferta de descontos, sempre acompanhada de uma disposição inteligente dos produtos e de um bom atendimento ao cliente Segundo o Sebrae, é fundamental dar atenção a toda pessoa que entrar no estabelecimento para que ela não saia sem ter falado com alguém. Tais estratégias já são consagradas no mercado e se mostraram amplamente capazes de atrair e entreter os consumidores.

Fonte: Agência Sebrae
Últimas Noticias
Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor nesta sexta

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) entrou em vigor a partir desta sexta-feira (18). Isso significa que a partir de agora empresas e órgãos públicos terão que deixar muito claro para os usuários no Brasil...

Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses

O número de empresas abertas no país cresceu, enquanto o fechamento caiu de janeiro a agosto, comparado com gual período do ano passado. Segundo o Ministério da Economia, em oito meses foram abertas 2,152 milhões de empres...

1 em cada 4 empresas do setor de serviços avalia demitir

Uma em cada quatro empresas do setor de serviços avalia demitir ou até encerrar as atividades quando acabar o período de vigência dos programas emergenciais relacionados à manutenção do emprego do governo fede...