NOTÍCIAS

ACIP


O tipo de música ambiente pode ser favorável às vendas

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Muitos estabelecimentos comerciais têm o hábito de tentar descontrair o potencial comprador, inclusive oferecendo música ambiente. Isso não é novidade para ninguém.

Mas o tipo de música que se ouve nesses lugares pode influenciar nas vendas.

Isso foi o que constatou uma equipe de pesquisadores liderada por Shan Feng, da William Paterson University. Em um experimento, grupos de pessoas que estavam tentando poupar dinheiro, ou economizar nas compras, foram expostas a duas situações distintas.

Em uma delas, a música ambiente era mais calma e clássica, proporcionando certo alívio e permitindo, em contrapartida, mais propensão a fazer cálculos matemáticos. Com isso, os participantes pensaram duas vezes antes de efetuar a compra.

Na outra situação, os participantes da pesquisa foram expostos a músicas mais agitadas e de ritmo rápido. O efeito foi o contrário, fazendo com que os participantes evitassem fazer cálculos matemáticos.

Analisando os resultados de maneira pragmática, os estabelecimentos comerciais podem capitalizar sobre a estratégia do tipo de música que oferecem em seu ambiente. Isso pode induzir os compradores a tentar comprar mais rapidamente sem uma análise racional apurada.

Por outro lado, não é todo cliente que se sente confortável em ambientes agitados e, com isso, antes mesmo de entrar no ambiente ou estabelecimento com música de ritmo mais acelerado ele pode desistir de tentar comprar.

Intuitivamente e talvez por costume, muitos estabelecimentos já fazem isso há anos. Mas é mais comum encontrar estabelecimentos comerciais com música agitada voltada aos jovens. Este é o estereótipo do setor.

O empreendedor do comércio tem buscado usar de todas as ferramentas estratégicas disponíveis para vender mais. E em momentos como o atual, em que o crescimento econômico do país está patinando, talvez caiba pensar em como usar o achado da pesquisa a seu favor.

A dica é não exagerar na dose, pois se o seu público cativo for de maioria que não gosta nem de entrar em estabelecimentos de música agitada, a estratégia pode ser desastrosa.

Fonte: Administradores.com
Últimas Noticias
Pesquisa traça perfil do empreendedorismo feminino no Brasil

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil desenvolve uma pesquisa inédita que traça o perfil de empresas dirigidas por mulheres e que fazem parte do movimento associativista no Brasil.

...

Varejo paranaense acumula alta de 3,21% até novembro

O varejo paranaense acumulou alta de 3,21% no período de janeiro a novembro de 2019, conforme dados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). Essa prévia indica qu...

Governo notifica sobre dificuldade para deixar cadastro positivo

A Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do Ministério da Justiça, notificou no último dia 14 os quatro birôs de crédito brasileiros e a associação que representa o setor para obter esclarecimentos ...