NOTÍCIAS

ACIP


Donos de pequenos negócios recuperam otimismo com o futuro

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Os donos de pequenos negócios voltaram a ficar mais otimistas com o futuro da economia brasileira. A mais recente Sondagem Conjuntural, realizada pelo Sebrae entre os dias 28 de agosto e 12 de setembro, mostra que depois de cair para o patamar de 31,4% (sondagem de junho/2018), o percentual de empresários que acreditam em uma melhora da economia nos próximos 12 meses voltou a subir, alcançando 37,6%.
 
Esse percentual de otimistas superou o de empresários que acreditam que a economia vai permanecer como está (30,4%). Já o percentual de empresários pessimistas, que acham que a economia irá piorar, caiu de 30,9% (sondagem de junho/2018) para 22,5% (sondagem de setembro/2018).
 
Entre as razões apontadas pelos empreendedores entrevistados, a expectativa de que os novos políticos eleitos poderão melhorar a economia do país (68,8%) e os sinais de recuperação da economia (62%) são as principais justificativas indicadas para a retomada do otimismo. Já entre os empresários pessimistas, 92,1% não confiam nos políticos atuais e 69% também não acreditam que o país vai melhorar após as eleições.
 
“O empresário de pequeno negócio é naturalmente otimista e a perspectiva de mudança na condução política do país acaba por injetar novos ânimos. Resta agora os candidatos incluírem, nos planos de governo, mais propostas para assegurar a sobrevivência das micro e pequena empresa diante do ambiente hostil para empreender que existe no Brasil”, analisou o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.
 
A sondagem feita pelo Sebrae ouviu 2.992 donos de pequenos negócios (Microempreendedores Individuais, Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).  
 
Principais resultados:
         
- Os donos de empresas de pequeno porte (EPP) e os empresários da Construção Civil são os mais otimistas com o futuro da economia, com 39,5% e 45% deles, respectivamente, acreditando em uma melhora do quadro econômico do país.
 
- Os empresários também estão mais otimistas em relação ao faturamento de suas empresas. O percentual dos que acreditavam que iriam faturar mais havia caído de 52% (Sondagem de março/2018) para 36,6% (Sondagem de junho/2018) e, nesta última Sondagem, voltou a subir, atingindo 45%. 
 
- Embora a maior parte dos empresários entrevistados tenha dito que não pretende nem demitir nem contratar funcionários nos próximos 12 meses (38,2%), o percentual de empresários que pretendem contratar novos funcionários aumentou de 17,6% (Sondagem de junho/2018) para 20,3% (Sondagem atual). Por sua vez, o percentual de empresários que disseram que irão demitir ficou praticamente estável, saindo de 9,7% (Sondagem junho/2018) para 9,9% (Sondagem atual). 

Fonte: Agência Sebrae
Últimas Noticias
Receita vai premiar empresas boas pagadoras de impostos

A Receita Federal implementará um programa para premiar empresas que são boas pagadoras de impostos, dando prioridade a suas restituições, crédito tributário e atendimento.

Em nota divulgada nesta quinta-f...

63% trabalham com celular fora da empresa

Pelo menos seis em cada dez brasileiros costumam utilizar smartphones para fins profissionais mesmo fora do horário de trabalho. Por outro lado, mais de 70% resolvem questões pessoais através do aparelho durante o expediente.

...

Entenda como fazer uma boa gestão financeira na empresa

O setor financeiro de uma empresa requer muita atenção. É ele quem gere os recursos disponíveis, alocando e distribuindo para os demais setores. Uma gestão financeira eficiente é necessária para a sustenta&cc...