NOTÍCIAS

ACIP


Número de novas empresas foi o maior em 8 anos no 1º semestre

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O número de empresas criadas no primeiro semestre de 2018 foi o maior dos últimos 8 anos, mostrou nesta segunda feira (3) um levantamento da Serasa Experian. No período, 1.262.935 companhias surgiram, melhor resultado desde 2010, quando a medição foi iniciada.

Em relação ao primeiro semestre de 2017, houve um aumento de 10,5% na quantidade de novas empresas, segundo a Serasa.

Para economistas da Serasa, os números refletem o chamado “empreendedorismo por necessidade”, fenômeno associado à lenta recuperação da economia brasileira e a baixa criação de vagas formais de trabalho.

Serviços de alimentação lideram

Os serviços de alimentação lideram a lista, com 8,1% das empresas abertas. Na sequência, estão os serviços de higiene e embelezamento pessoal (7,6%), reparos e manutenções de prédios e instalações elétricas (7%) e comércio de confecções em geral (6,4%).

Em junho, o país criou 156.460 novos microempreendimentos, o que apontou crescimento de 7,2%, em relação ao mesmo mês de 2017 (145.946), e queda de 14,3% diante do número apurado em maio de 2018 (182.552).

MEIs são 81,8% das novas empresas

Nos seis primeiros meses do ano, o Brasil tinha 1.033.017 de MEIs formalizados, ou 81,8% das 1.262.935 de companhias criadas. Foi a maior participação dessa categoria desde o início da série histórica, iniciada em 2010.

A proporção de MEIS na abertura de empresas cresceu 14,5% em relação ao primeiro semestre de 2017, mostra o estudo.

Já as Sociedades Limitadas tiveram participação de 7,4% entre os CNPJs criados, com 93.199 novos empreendimentos. um crescimento de 3,8% frente ao mesmo semestre do ano passado (89.755).

Ainda segundo a Serasa, as Empresas Individuais responderam por 5,4% da novas empresas, com queda de 20,7% frente ao primeiro semestre de 2017 (86.075 companhias criadas).

A formalização de 68.475 empresas de outras naturezas jurídicas subiu 6,1% na comparação com 2017, quando surgiram 64.521 empresas.

Fonte: G1
Últimas Noticias
Governo propõe projeto de renegociação de dívidas tributárias

Depois de as entidades do setor produtivo que formam o G7, o Governo do Paraná encaminhou ao legislativo estadual, nesta quinta-feira (20), um projeto de lei estabelecendo condições gerais para que os contribuintes possam renegociar d&i...

Fluxo de caixa: a base e a saúde do negócio

A base de uma obra é o alicerce que faz toda a estrutura se erguer com solidez. Na gestão dos negócios, o fluxo de caixa cumpre exatamente esse papel. Tão importante quanto a própria ideia de empreender, o conhecimento das...

Envelhecimento da população abre novas frentes de negócios

O número de idosos não para de crescer no Brasil. Com o avanço da medicina, que contribui para o aumento da longevidade, e a redução vertiginosa da natalidade, o país terá um perfil demográfico semelha...