NOTÍCIAS

ACIP


5 equipamentos de segurança para evitar perdas

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Sua loja conta com equipamentos de segurança? Neste artigo vamos apresentar as principais ferramentas que ajudam a proteger seu estabelecimento.

Sabemos que as perdas fazem parte do dia a dia da operação de um varejista. O grande desafio de cada gestor é criar estratégias e ações para mitigar esses problemas, evitando prejuízos ao negócio.

A prevenção de perdas é o caminho mais certo para melhorar os resultados da sua loja, reduzindo custos e aumentando a lucratividade do negócio. Para o sucesso dessa atividade é preciso que processos estejam estabelecidos e sejam executados frequentemente por toda a equipe.

Alguns processos como o controle correto do estoque, recebimento de mercadorias automatizado e treinamento dos colaboradores são fundamentais para evitar perdas que acontecem no depósito da loja, as perdas internas.

Porém, quando falamos nas perdas desconhecidas, ou externas, é imprescindível contar com alguns equipamentos de segurança, pois são esses os responsáveis por monitorar a loja e alertar em casos de furtos.

Conheça os principais equipamentos de segurança que você pode usar em sua loja para evitar perdas.

5 equipamentos de seguranças para lojas

1. Antenas antifurto

As antenas antifurto são os equipamentos colocados nas entradas dos estabelecimentos. Ao detectar a passagem de algum produto que apresenta a etiqueta eletrônica, o aparelho dispara um alarme sonoro e visual, avisando sobre irregularidade.

Podemos dizer que as antenas funcionam como um segurança particular de cada produto da loja, afinal, só após a liberação no caixa é que um produto passará pela antena sem que seja disparado o alarme.

Além da importância para a proteção, esses equipamentos de segurança também podem ajudar a gestão da empresa. Alguns modelos possuem a funcionalidade de contagem de fluxo pessoas, possibilitando que o gestor tenha acesso aos dados sobre a movimentação de clientes na loja.

Vale a pena destacar que as antenas antifurto funcionam em sintonia com as etiquetas eletrônicas, veja mais sobre esse outro tipo de equipamento de segurança:

2. Etiqueta eletrônica

Como falamos, a etiqueta eletrônica é a responsável por identificar o produto e fazer com que seja possível sinalizar quando algum item passa pela antena antifurto.

Este dispositivo pode ser encontrado de duas formas: etiquetas adesivas e etiquetas rígidas, ambas possuem a mesma funcionalidade, variando de acordo com o tipo de produto e o tipo de ambiente em que fica exposto e armazenado.

Existem projetos para que a etiqueta eletrônica seja colocada ainda enquanto estiver na indústria, facilitando a colocação e economizando no processo. Com essa funcionalidade, além da segurança, esses equipamentos de segurança também são importantes para a gestão do estoque, auxiliando no controle. Mas, infelizmente, essa ainda não é uma realidade do varejo.

3. Cadeados eletrônicos

Estes equipamentos de segurança, normalmente, são encontrados em aparelhos eletrônicos como smartphones, tablets e notebooks. São compostos de um dispositivo acoplado ao produto e preso à estrutura da vitrine ou balcão.

Além da segurança da estrutura, que prende o produto, o cadeado eletrônico também possui um alarme que dispara caso tenha alguma tentativa de violação. Outra vantagem é a capacidade de conseguir ligar cabos de energia aos produtos por meio de sua estrutura, esse benefício é fundamental para a exposição de celulares.

4. CFTV (Circuito Fechado de TV)

As tradicionais câmeras de vigilância são equipamentos de segurança fundamentais para garantir a proteção de estabelecimentos comerciais.

Além de garantir o monitoramento de todo o ambiente de vendas, acompanhando a movimentação de clientes, o CFTV também é essencial para garantir que todos os processos internos sejam executados corretamente, impedindo também furtos cometidos por colaboradores da empresa.

5. Checkout Expert

Um pouco mais moderno, o Checkout Expert é o equipamento que permite o acompanhamento em tempo real da movimentação do ponto de venda. Quando falamos em movimentação, falamos sobre a circulação de clientes e dos processos executados pelo responsável pelo caixa.

O equipamento tem a funcionalidade de colocar junto à imagem do CFTV os processos que estão sendo executados no caixa, tornando o controle mais fácil. Por exemplo, quer observar as gravações dos momentos de cancelamentos de itens no checkout, basta realizar a consulta no sistema.

Os equipamentos de segurança são fundamentais para o varejista

Sem equipamentos de segurança não é possível que o varejista durma tranquilamente. Sempre haverá o pensamento sobre os riscos que sua loja está correndo e nos prejuízos das perdas derivadas da falta de proteção ao estabelecimento.

Há um ditado que diz que todo dia sai alguém de casa pensando em cometer algum delito. Contar com equipamentos de segurança é a forma de prevenir que sua loja não seja alvo constante dessas pessoas e que, caso seja, tenha ações para que o furtante não alcance seu objetivo.

Fonte: Infovarejo
Últimas Noticias
Governo propõe projeto de renegociação de dívidas tributárias

Depois de as entidades do setor produtivo que formam o G7, o Governo do Paraná encaminhou ao legislativo estadual, nesta quinta-feira (20), um projeto de lei estabelecendo condições gerais para que os contribuintes possam renegociar d&i...

Fluxo de caixa: a base e a saúde do negócio

A base de uma obra é o alicerce que faz toda a estrutura se erguer com solidez. Na gestão dos negócios, o fluxo de caixa cumpre exatamente esse papel. Tão importante quanto a própria ideia de empreender, o conhecimento das...

Envelhecimento da população abre novas frentes de negócios

O número de idosos não para de crescer no Brasil. Com o avanço da medicina, que contribui para o aumento da longevidade, e a redução vertiginosa da natalidade, o país terá um perfil demográfico semelha...