NOTÍCIAS

ACIAP


Saber contratar é o primeiro passo para obter lucros melhores

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Em meio a disputa de vendas entre lojas físicas e online, o Brasil surge na quinta pior posição no quesito satisfação com o atendimento aos clientes. A pesquisa feita pela empresa Zendesk elenca 28 outras nações e conforme especialista, uma mudança neste cenário teria o primeiro passo no ato de saber contratar e gerenciar a equipe. 

Luiz Fernando Bonhoti, da RHF Talentos - Agência de RH e Consultoria, explica que no ato de contratar é preciso ficar definido o perfil do colaborador, mas também dar opções para o funcionário realizar seu trabalho com excelência. “Se tenho uma loja de vestuário, preciso entender que o vendedor tem que ter conhecimento da moda. Mas também não se pode pecar no treinamento correto, pois uma pessoa com talento e perfil precisa ser bem capacitada”, disse. 

Mesmo com todas as ferramentas nas mãos do recrutador, a contratação ainda pode ser falha, por isso é importante buscar referências, além do que está descrito no currículo. “O recrutador não pode ter preguiça. Ele precisa ligar e em alguns casos ir até o local e buscar informações do candidato à vaga. Uma vez que em algumas situações, o setor de Recursos Humanos é reticente em passar informações”, explicou. 

Bonhoti enfatiza que a contratação é um momento crucial para empresa, pois ao não se enquadrar no sistema da empresa, o funcionário gera custos, prejuízo e até abala a situação emocional do grupo. “Volto a bater na tecla da referência, pois o comportamento da pessoa no passado e o que vai ser no futuro. Hoje as grandes empresas estão valorizando o lado emocional do candidato, em vez da habilidade. Caráter você não muda, técnica pode ser qualificada”, alertou. 

E o cliente? - Trabalhando com serviços de RH, treinamentos e avaliação de desempenho, Luiz Fernando ainda ressalta, que o empresário também precisa saber se o cliente tem um pensamento positivo o negativo da empresa. “O que você está fazendo para saber se o cliente está sendo bem atendido. A empresa tem um feedback de vendas? Com essa informação também é possível avaliar o vendedor”, ressaltou. 

“Uma situação está ligada a outra. A empresa pode contratar o melhor vendedor e ainda amargar prejuízo. Então podemos pensar em problemas de gerenciamento, esse funcionário teve treinamento, motivação ou política de benefícios? A gestão da empresa é uma engrenagem que precisa ser muito bem organizada e se não está indo bem, é hora de pedir socorro para especialistas”, finalizou.

Últimas Noticias
Sem MP, polêmicas da reforma trabalhista devem ir à Justiça

A Medida Provisória 808, que altera uma série de disposições da reforma trabalhista, está perto de “caducar” no Congresso, de modo que questões polêmicas terão que ser solucionadas pela via ...

Empresas brasileiras ainda ignoram consumidores da terceira idade

O mercado dos chamados “maduros” — aqueles a partir de 50 anos, ainda não é plenamente atendido, tanto na parte de produtos quanto na de serviços. Esses consumidores, mostra o instituto de pesquisa MindMiners, sentem f...

Justiça mantém contribuição sindical extinta pela reforma

Cinco meses após o fim do imposto sindical, com a entrada em vigor da nova legislação trabalhista, sindicatos de todo o País têm conseguido liminares na Justiça para manter a contribuição, que é ...