NOTÍCIAS

ACIP


Saber contratar é o primeiro passo para obter lucros melhores

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Em meio a disputa de vendas entre lojas físicas e online, o Brasil surge na quinta pior posição no quesito satisfação com o atendimento aos clientes. A pesquisa feita pela empresa Zendesk elenca 28 outras nações e conforme especialista, uma mudança neste cenário teria o primeiro passo no ato de saber contratar e gerenciar a equipe. 

Luiz Fernando Bonhoti, da RHF Talentos - Agência de RH e Consultoria, explica que no ato de contratar é preciso ficar definido o perfil do colaborador, mas também dar opções para o funcionário realizar seu trabalho com excelência. “Se tenho uma loja de vestuário, preciso entender que o vendedor tem que ter conhecimento da moda. Mas também não se pode pecar no treinamento correto, pois uma pessoa com talento e perfil precisa ser bem capacitada”, disse. 

Mesmo com todas as ferramentas nas mãos do recrutador, a contratação ainda pode ser falha, por isso é importante buscar referências, além do que está descrito no currículo. “O recrutador não pode ter preguiça. Ele precisa ligar e em alguns casos ir até o local e buscar informações do candidato à vaga. Uma vez que em algumas situações, o setor de Recursos Humanos é reticente em passar informações”, explicou. 

Bonhoti enfatiza que a contratação é um momento crucial para empresa, pois ao não se enquadrar no sistema da empresa, o funcionário gera custos, prejuízo e até abala a situação emocional do grupo. “Volto a bater na tecla da referência, pois o comportamento da pessoa no passado e o que vai ser no futuro. Hoje as grandes empresas estão valorizando o lado emocional do candidato, em vez da habilidade. Caráter você não muda, técnica pode ser qualificada”, alertou. 

E o cliente? - Trabalhando com serviços de RH, treinamentos e avaliação de desempenho, Luiz Fernando ainda ressalta, que o empresário também precisa saber se o cliente tem um pensamento positivo o negativo da empresa. “O que você está fazendo para saber se o cliente está sendo bem atendido. A empresa tem um feedback de vendas? Com essa informação também é possível avaliar o vendedor”, ressaltou. 

“Uma situação está ligada a outra. A empresa pode contratar o melhor vendedor e ainda amargar prejuízo. Então podemos pensar em problemas de gerenciamento, esse funcionário teve treinamento, motivação ou política de benefícios? A gestão da empresa é uma engrenagem que precisa ser muito bem organizada e se não está indo bem, é hora de pedir socorro para especialistas”, finalizou.

Fonte: Ilustrado
Últimas Noticias
Governo propõe projeto de renegociação de dívidas tributárias

Depois de as entidades do setor produtivo que formam o G7, o Governo do Paraná encaminhou ao legislativo estadual, nesta quinta-feira (20), um projeto de lei estabelecendo condições gerais para que os contribuintes possam renegociar d&i...

Fluxo de caixa: a base e a saúde do negócio

A base de uma obra é o alicerce que faz toda a estrutura se erguer com solidez. Na gestão dos negócios, o fluxo de caixa cumpre exatamente esse papel. Tão importante quanto a própria ideia de empreender, o conhecimento das...

Envelhecimento da população abre novas frentes de negócios

O número de idosos não para de crescer no Brasil. Com o avanço da medicina, que contribui para o aumento da longevidade, e a redução vertiginosa da natalidade, o país terá um perfil demográfico semelha...